Contate-nos

A automação do RTG mais avançado do mundo eleva a eficiência a novos níveis no maior porto de carga da Noruega.

"Graças a estas características inovadoras, nossos condutores de RTG estarão entre os mais eficientes operadores de RTG do mundo”. Svein Olav Lunde, Diretor do Departamento Técnico do Porto de Oslo

Oferta:

RTG cranes

Mais de 125.000 contêineres são descarregados por ano no Porto de Oslo, na Noruega. Junto com um processamento anual de um milhão de toneladas de carga seca, incluindo grãos, areia, cimento e sal, os volumes são grandes – e logo vão crescer ainda mais, com o Terminal de Contêineres de Sjursøya no Porto Sul planejando aumentar seu processamento anual de contêineres de 210.000 para 450.000 TEU.

Fazendo a história do RTG

O desafio

Como o Porto de Oslo fica situado em uma área urbana altamente povoada, considerações sobre o meio ambiente foram questões importantes no processo de avaliação. Além disso, a expansão em uma área urbana densamente povoada representava um desafio aparentemente insuperável: como o porto poderia dobrar sua capacidade até 2030 sem aumentar o ruído do tráfego, a poluição e o consumo de energia?

A solução

Em um projeto turn-key, a Kalmar vai entregar oito revolucionárias RTGs de 50 toneladas exclusivamente elétricas,
fazendo do Porto de Oslo o primeiro terminal do mundo a implementar a mais sofisticada combinação da tecnologia de posicionamento automatizada e de automação de processos disponível até esta data. O porto encomendou seus primeiros RTGs da Kalmar em 2002, e foi o primeiro a adotar RTGs alimentados por cabo.

"O Porto de Oslo tem orgulho de ser o primeiro terminal a implementar esta revolucionária tecnologia em RTGs, que torna nossas operações mais sustentáveis, seguras e silenciosas. Por meio destes recursos inovadores que a Kalmar está nos entregando, nossos condutores de RTG estarão entre os operadores de RTG mais eficientes do mundo", diz Svein Olav Lunde, Diretor do Departamento Técnico do Porto de Oslo.

Os resultados

"A semi-automação nos oferece mais flexibilidade no futuro, permitindo que elevemos a automação a um nível ainda maior. Também temos orgulho de sermos o terminal com maior eficiência de espaço do mundo", diz Lunde.

Ao escolher os RTGs de Zero Emissões da Kalmar em vez dos RTGs diesel-elétricos, as emissões de CO2 serão reduzidas em mais de um milhão de quilogramas (>1.000.000 kg) por ano com a frota de oito RTGs.